terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Como escolher nomes de personagens para RPG: parte 3

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.


Esses são uns caras complicados para achar uma referência para nomes:

Como escolher um bom nome para o seu personagem anão?

Um motivador aleatório para animar o texto!

Muitos escolhem os nomes prontos presentes no Livro do Jogador do D&D nª edição. É uma solução, mas não satisfaz a todos, eu incluído. Por aqui, os nomes presentes n'O Hobbit são em sua maioria evitados, a exceção do Thorin Escudo-de-Carvalho. Em se tratando de Tolkien, ele nos oferece alguns nomes, mas longe de ser exaustivo como foi com os elfos.

Então o que fazer?

Uma solução, que também foi usada por Tolkien, é ver a mitologia que mais influenciou os anões de RPG: a Nórdica. Dela temos um fragmento do Vöpuspá, que apresenta a Dvergatal, uma lista de nomes da linhagem de anões. Notem que o “v” aqui tem som de “u” e os “Þ” funciona como um “th”. Os nomes entre chaves não estão presentes no manuscrito Konungsbók, mas foram adicionados depois no Hauksbók. Tradução livre, então não reclamem muito se está certo ou não.

"11-12. Nýi e Niði, Norðri e Suðri, Austri e Vestri, Alþjófr, Dvalinn, Bífurr, Báfurr, Bömburr, Nóri, Án e Ánarr, Ái, Mjöðvitnir, Veigr e Gandalfr, Vindalfr, Þráinn, Þekkr e Þorinn, Þrór, Litr e Vitr, Nár e Nýráðr, Reginn e Ráðsviðr — agora eu tenho dito a lista dos Dvergar corretamente.
13-15. Fili, Kili, Fundinn, Náli, Hepti, Víli, Hanarr, Svíorr, {Nár e Náinn, Nípingr, Dáinn, Billingr, Brúni, Bíldr e Búri}, Frár, Hornbori, Frægr e Lóni, Aurvangr, Jari, Eikinskjaldi.
14-16. Para dizer o ditado, os Dvergar na geração de Dvalinn eram [como] uma raça de leões [conquistadores] até [a geração de] Lofarr. Eles buscaram assentamentos desde os salões de pedra [até] Aurvangr (“lote de lama”) até Jöruvöllr. Havia Draupnir e Dolgþrasir, Hár, Haugspori, Hlévangr, Glóinn, {Dóri, Óri, Dúfr, Andvari,} Skirvir, Virvir, Skáfiðr, Ái, Álfr e Yngvi, Eikinskjaldi, Fjalarr e Frosti, Finnr and Ginnarr. Então [eles serão] lembrados enquanto as eras [dos humanos] viverem, a lista da longa descendência [dos ancestrais] de Lofarr."

Se reparar bem, vários dos nomes desta lista estão nas obras de Tolkien com pouca alteração. Pesquisando mais a fundo, os anões e os elfos possuem uma associação tão forte nos Eddas que em alguns momentos ambos são considerados como sendo um único povo. Isso faz com que elfos tenham nomes “de anões” e anões com nomes “de elfos”. Mas esta lista já dá uma base de como podem ser montados.

A dica neste caso é montar o nome baseado numa palavra que represente bem o personagem. Exemplo é o nome dos dois que são usados para criação dos anões no mito nórdico, após a morte do gigante primordial Ymir. Os nomes Brimir e Bláinn significam “Razante” e “Azul”, respectivamente. Aqui, boa parte dos nomes dos anões se referem a coisas simples, que é o contrário do que os autores pós-Tolkien fizeram, copiando/alterando a fórmula proposta pelo professor e colocar um sobrenome a lá “Thorin Escudo-de-Carvalho”, como é o caso do "Bruennor Martelo-de-Batalha", personagem do autor R. A. Salvatori.

Não que a fórmula seja totalmente ruim e não possa ser usada, mas o uso excessivo pode cansar. E também vale a fórmula usada nos elfos de usar nomes reais com pouca ou nenhuma alteração. A preferência, no meu caso, é usar nomes funcionais, pois se tem algo que os anões são bons, é no trabalho manual. Nomes ligados à profissão ou outro costume que o personagem tenha ajudam a definir o personagem.

Uma regra que Tolkien fez para si mesmo foi usar uma estrutura semítica para os nomes. Para ele, cada nome de anão deveria ter três consoantes. Não funciona para todos os nomes da lista Dvergatal, mas foi a solução dele. No meu caso, uso nomes de várias origens, não apenas as escandinavas; inclui também os celtas, alemães e de outras regiões que possuem lendas de povos semelhantes aos anões. Lembrando que os anões nem sempre foram retratados como mais baixos que os humanos; houve época em que eles tinham a mesma estatura que humanos nas lendas.

Por enquanto é só. É provável que eu coloque pelo menos mais um artigo desses e só depois retomo à série de povos.

Nenhum comentário: